Como viajar com animais para a Europa?

Viajar com animais para a Europa é um tema que muita gente me pergunta todos os dias. Em 2014 eu saí do Brasil para ir morar na Alemanha e, desde então, já moramos em mais de 10 países diferentes. Lisa e Luca, meus dois vira latas, sempre foram minha prioridade em qualquer mudança que eu fizesse e quando eu decidi começar a trabalhar pela internet enquanto viajo pelo mundo, só tinha uma certeza:

Ou vai todo mundo, ou não vai ninguém.

Viajar com animais para a Europa é um processo delicado e cheio de poréns. Não é um processo difícil, apenas burocrático e demorado, que você precisa saber muito bem o que está fazendo para dar tudo certo.

As informações podem mudar a qualquer momento, então é importante sempre ficar de olho no site do Ministério da Agricultura.

Leia também: Preciso de um despachante para viajar com animais?

Aqui vou tentar esclarecer as milhões de dúvidas que eu tive e que nenhum site me respondeu de forma clara e fácil. Para quem vai para os países que não possuem a mesma política da maioria da União Europeia, é só seguir os passos que estão aqui e pesquisar sobre os adendos do país. No meu guia também tem tudo bem detalhado para os países que não seguem exatamente essas normas.

Vamos nessa?

Precisa de ajuda para escolher a caixa de transporte? Clica aqui para ver o post focado nisso!

Viajar com Animais para a Europa: um guia completo

Quanto tempo demora?

Se você começar do zero, como eu fiz, o processo inteiro demora mais ou menos 5 meses. Separei os principais momentos nessa linha do tempo para você se organizar com antecedência:

Viajar com Animais para a Europa, por Debbie Corrano

As informações para levar animais para a União Europeia são super básicas no site do Ministério da Agricultura. A maioria dos sites que falavam sobre isso não tinham informações atualizadas. As empresas cobravam ABSURDOS e tinham pouquíssimas informações. Por isso juntei TUDO que aprendi e resolvi compartilhar nesse site!

Primeiro passo: Microchipagem

Antes de qualquer vacina ou qualquer burocracia para viajar com animais, solicite um microchip para o seu cachorro ou gato direto no seu veterinário de confiança. Garanta que o microchip tem ISO 11784/11785, o padrão internacional, ou se não você vai precisar levar um leitor para o país de destino.

No meu caso, eu pedi com alguns dias de antecedência no veterinário e fui lá para ele aplicar.

O meu microchip é o KORTH RFID, da AnimalTAG, e depois da aplicação você pode registrar seus dados direto no banco de dados do fornecedor do microchip.

Viajar com Animais – Levar animais para a Europa

Segundo passo: Vacinação antirrábica

Depois de aplicar o microchip – só depois! – você precisa fazer a vacinação antirrábica. Mesmo se a vacinação em dia, você vai precisar dar outra vacina após a microchipagem para viajar com animais

Essa vacina antirrábica precisa ser dada após a microchipagem, estar válida e ter todos os seus detalhes na Carteira de Vacinação do seu cachorro ou gato. Isso inclui o selinho da vacina constando fabricante, lote e data de fabricação, data da vacina, validade, o carimbo e a assinatura do veterinário. É o básico de qualquer carteirinha de vacinação.

Importante: vacinação de campanhas públicas NÃO SÃO ACEITAS. Você precisa fazer em uma clínica veterinária para ela ser aceita para viajar com animais.

Se o seu veterinário ainda não está habituado a fazer esse processo para viajar com animais, no meu guia eu ofereço um documento ultra completo para você imprimir e levar para o seu veterinário, podendo fazer esse processo direitinho e ao lado de alguém que você já confia. Conheça o guia!

Terceiro passo: Laudo da Sorologia Anti-Rábica

Trinta dias após a vacinação contra raiva, tempo suficiente para seu pet produzir anticorpos, você vai até o veterinário para coletar o sangue do animal e fazer a sorologia. A coleta não pode ser feita antes dos 30 dias, ok?

A sorologia é um exame que faz a contagem dos anticorpos que neutralizam o vírus da raiva no organismo dos animais. O Brasil ainda possui casos de raiva, então muitos países que já têm a doença extinta pedem o exame por garantia. Essa amostra do sangue do animal será centrifugada e o soro do sangue será coletado.

Esse soro precisa ser analisada por um laboratório credenciado pela União Européia – e são poucos no Brasil inteiro.
Por isso, você tem duas opções:

1) Fazer o Laudo da Sorologia Anti-Rábica no Brasil

Mesmo que a lista oficial da União Européia mostre mais opções, atualmente o Brasil têm apenas um laboratório que está fazendo o Exame da Sorologia Antirrábica.

TECSA LABORATÓRIOS LTDA | Belo Horizonte/MG
Tel: / Fax: +55 (31) 3281-0500
E-mail: assessoriavet@tecsa.com.br
Site

O valor do exame no início de 2018 é de R$ 575,00 e eles costumam dar o resultado em até 10 dias após a entrega do material.

A amostra precisa ser enviada refrigerada e analisada em até 3 dias após a coleta. Outra opção é congelar a amostra a -20°C, também garantindo que ela estará na mesma temperatura até chegar ao destino.

Se você não mora em Belo Horizonte, seu veterinário precisa entrar em contato com a Tecsa e se cadastrar no site deles antes de enviar a amostra. A Tecsa, então, vai auxiliar seu veterinário a como ele pode enviar a amostra de forma correta para Belo Horizonte.

2) Fazer o Laudo da Sorologia Anti-Rábica no Exterior

Você também pode solicitar a análise do material em um laboratório autorizado pela União Européia no exterior, como nos Estados Unidos ou no Chile.

Neste caso, você pode fazer o envio junto com seu veterinário, junto com um laboratório que tenha parceria com outros laboratórios no exterior ou enviar diretamente você mesmo. Em todos os casos, a amostra precisa ter sido coletada de forma correta, centrifugada e mantida em temperatura correta, se não perderá a validade. Um exemplo de laboratório que faz a coleta e envia para o exterior é a Provet, em São Paulo, mas tente ligar para outros laboratórios na sua cidade para consultar sobre preços. Nesse caso, o valor vai sair um pouco mais alto.

Sabe de outros laboratórios que fazem a coleta e o envio da amostra para o exterior? Deixa aqui nos comentários!

Para enviar a amostra para fora do país, você vai de uma Autorização de Exportação no Serviço de Saúde Animal do seu estado. Clique aqui para saber onde conseguir.

Algumas semanas depois que você enviar o sangue para análise, vai receber o resultado. Os anticorpos do seu cachorro ou gato precisam ser de, no mínimo, 0,5 UI/ml. Se o exame mostrar menos anticorpos, você vai precisar repetir todo o processo.

Lembrando sempre que a sorologia é um documento que dura por toda a vida do bichinho se a vacina continuar válida, então ela pode ser usada para todas as próximas viagens dele. Faça o documento com bastante antecedência, mesmo que sua viagem esteja planejada só lá para o futuro.

Precisa de mais detalhes de como a sorologia pode ser feita? No guia aqui do site conto tudo que você precisa para viajar com vnimais – e as experiências dos meus cachorros fazendo a sorologia também.

Viajar com Animais | Levar animais para a Europa

Quarto passo: Quarentena antes do embarque

Lembra do dia que você levou seu pet para o veterinário, para colher o sangue dele e enviar para análise?
Nesse dia começa uma contagem regressiva. Essa é a única quarentena que seu pet vai precisar passar para entrar na União Européia e não é muito simples: você só precisa aguardar.

Seu cachorro ou gato pode ficar no mesmo ambiente de sempre, pode interagir com outros cachorros, pode sair para passear e fazer tudo que vocês sempre fizeram. A única coisa da quarentena é que você precisa aguardar 90 dias entre a coleta de sangue até poder fazer o CZI para embarcar.

>>> Conheça o guia Viajar com Animais e tire TODAS as suas dúvidas!

O resultado da sorologia costuma chegar algumas semanas depois da coleta, mas mesmo se os anticorpos estiverem corretos você NÃO PODE embarcar com seu animal. Precisa esperar!

Com o resultado da sorologia em mãos, você já pode comprar a passagem e agendar tudo baseado nesses 90 dias!

Quanto tempo vale o Laudo da Sorologia Antirrábica para viajar com animais?

A viagem pode acontecer em 90 dias após a coleta de sangue ou seis meses, um ano, três anos. Desde que você NUNCA perca a data de vacinação do seu animal, a sorologia é válida por toda a vida do animal.

Eu fiz a sorologia dos meus cachorros em 2013 e até hoje eu continuo usando exatamente o mesmo documento. Desde que você NUNCA perca a data de vacinação, ela continua válida por toda a vida do animal.

Quinto passo: Atestado de Saúde antes de ir para a Vigiagro

Para fazer a visita a Vigiagro ou ao Mapa,  o próximo passo desse guia, você vai precisar de um atestado de saúde emitido até 72 horas antes do seu horário agendado no órgão oficial.

Por isso, já marque com o seu veterinário a consulta assim que souber a data do agendamento e dê destaque para esse ponto. Nós explicamos um pouco mais sobre o atestado veterinário em nosso guia, também dando exemplos reais dos nossos próprios documentos, mas é algo relativamente simples, que qualquer veterinário pode fazer com as informações certas. Só certifique que no documento tem a assinatura e o carimbo do veterinário e fique atento para não passar das 72 horas e invalidar o documento..

Esse é o exemplo fornecido pelo Ministério da Agricultura. Não precisa seguir à risca (todos os meus exemplos foram diferentes e estão lá no meu guia Viajar com Animais), mas use como base:

Viajar com Animais para a Europa, por Debbie Corrano

Sexto Passo: Fazer o CZI na VIGIAGRO ou no MAPA

Agora é hora de emitir o documento mais importante para viajar com animais: o CZI – Certificado Zoosanitário Internacional. Ele é o documento responsável por juntar absolutamente todas as coisas que você fez até agora e emitir uma autorização para que seu cachorro ou gato possa embarcar.

Para isso, você precisa fazer um agendamento. Quando você souber o dia da viagem, já tente marcar uma data entre 10 e 3 dias antes do seu embarque para ir até a Vigiagro/Mapa.

Para saber onde você pode fazer esse exame no seu estado, veja esse mapa criado pelo Ministério da Agricultura:

Em São Paulo e em muitos lugares do Brasil, eles ficam localizados no aeroporto internacional.

Uma coisa importantíssima – que eu fiz errado uma vez e acabei tendo que mudar nossas passagens – é que você só pode ir até a Vigiagro solicitar o CZI 90 dias depois da coleta de sangue para fazer a sorologia.

Mais de uma pessoa da Vigiagro me passou a informação errada por telefone, fui lá com 88 dias tentar tirar o CZI e me mandaram voltar 2 dias depois, um dia antes do meu embarque. Então faça a conta direitinho antes de agendar a data para não perder a viagem.

Não são 90 dias após o resultado do exame, ok? São 90 dias contados à partir do dia que o veterinário coletou o sangue do seu bichinho para mandar para o laboratório. E não tem exceção.

No nosso guia eu falo MUITO sobre a emissão do CZI, porque sei que essa é uma parte bem delicada. É só clicar aqui para conhecer.

Viajar com Animais | Levar animais para a Europa

O que levar para ir a Vigiagro ou ao Mapa?

No dia que você agendou, seu animal não precisa ir junto. Não esqueça dos documentos:

  • Comprovante de aplicação do microchip com o código (se tiver, leve os adesivos com o código, só pra garantir)
  • Carteira de Vacinação com o comprovante da vacina anti-rábica em dia
  • Laudo da Sorologia Anti-Rábica com anticorpos acima de 0,5 UI/ml
  • Duas cópias de todos os documentos acima – certificado do microchip, carteira de vacinação e sorologia
  • Certificado de Saúde emitido pelo veterinário *mais detalhes no próximo passo
  • Requerimento para Fiscalização de Animais de Companhia preenchido (baixe aqui)
  • Comprovante de embarque (Passagem, Comprovante de Compra etc)
  • Endereço que você vai ficar hospedado quando chegar no país
  • Qualquer informação extra que possa te ajudar a entender os requisitos para a emissão do CZI

Quando eles te entregarem os documentos do CZI, confira todos os dados quantas vezes precisar. Qualquer errinho de digitação aqui pode comprometer a entrada do seu animal na União Europeia. Assim que tudo estiver conferido, o documento demora até dois dias para sair – aí você volta para buscar e pode usá-lo para embarcar.

Clique aqui para ter um checklist com TUDO que você precisa para viajar com seu animal

Importante: Alguns países europeus pedem algumas burocracias EXTRAS além de tudo que detalhei aqui. São estes: Finlândia, Irlanda, Malta, Suécia e Reino Unido. No guia tem tudo explicadinho!

Recomendações gerais para a documentação:

Eu recomendo que você faça a microchipagem, vacinação e sorologia com uma certa antecedência, porque às vezes o exame de sangue mostra que o animal tem menos anticorpos que o necessário para embarcar e ele terá que tomar outra vacina anti-rábica, aguardar mais um mês e só então fazer outra sorologia. E, é claro, recomeçar do zero a contagem dos 90 dias à partir da coleta de sangue para poder emitir o CZI, aquele documento mágico que vai permitir o embarque do seu bichinho.

Outra coisa: a sorologia é um documento que dura por toda a vida do animal contanto que você não perca nunca a vacinação de raiva dele, que é anual no Brasil.

 

QUER SABER TUDO SOBRE VIAJAR COM ANIMAIS?

Eu já viajei por mais de 8 países na Europa com meus cachorros e já ajudei mais de mil animais a chegarem ao seu destino. Nós também já fomos para a Ásia, América do Norte e América do Sul – viagens ao Brasil também!

Com tudo que aprendi, criei um guia para ensinar tudo que sei pra você, que também está passando por esse processo pela primeira vez. Nele eu dou exemplos reais dos documentos que você vai precisar, falo muito sobre a caixa de transporte, dou dicas de como deixo meus animais mais seguros nos voos e tudo, tudo, tudo que eu sei sobre esse processo de viajar com animais.

Se você quiser ver um pouco mais das viagens dos meus cachorros, conheça o Instagram deles clicando aqui.

Gostou? Compartilhe! <3